Tag

São Paulo

Browsing

Você pode até não gostar de sertanejo, mas é impossível nunca ter ouvido falar de Marília Mendonça, a “Rainha da Sofrência”, ou ter escutado ao menos um refrão de uma de suas músicas. A cantora, que estava de licença maternidade desde dezembro de 2019, quando deu luz a seu primeiro filho, Léo, acaba de retornar aos palcos na madrugada de sexta para sábado (06). Confira o que rolou no retorno de Marília Mendonça no Espaço das Américas!

Marília Mendonça e o retorno no Espaço das Américas

A expectativa para o retorno era gigantesca tanto para Marília, que ficou fora dos palcos por três meses, quanto para seus fãs, que esgotaram os ingressos de sexta e do segundo show, que aconteceu na madrugada de sábado para domingo (08). A noite especial foi televisionada pelo Multishow, que mostrou a apresentação ao vivo na TV, dando oportunidade também aos fãs que não conseguiram adquirir os ingressos.

Ao som de “Bebi Liguei”, Marília Mendonça foi ovacionada pelo público e comandou o coro, que se estendeu durante duas horas. A sertaneja trouxe para a noite paulistana a turnê 2020 de “Todos os Cantos”, que conta os sucessos de seu último álbum, como “Supera”, “Graveto” e “Some Que Ele Vem Atrás”. Os hits mais antigos como “Infiel”, “Ciumeira” e “Eu Sei de Cor”, não ficaram de fora.

Nem só de músicas da Marília e sertanejo a turnê “Todos os Cantos” é feita, a cantora fez questão de trazer sucessos atuais e que marcaram época, como o axé “Contatinho”, de Léo Santana; os funks “Invocada”, de Ludmilla e “Combatchy”, da Anitta; e a romântica “Palpite”, eternizada na voz de Vanessa Rangel.

Vale destacar também a roupagem mais dançante que a cantora trouxe para as suas músicas, dando ainda mais ritmo e batida, remetendo, muitas vezes, ao reggae e o funk.

Ao cantar “Tentativas”, Marília Mendonça pediu a ajuda do público. Com a voz embargada, a cantora avisou “vai do jeito que vai”. E foi, com a força que ela tem de uma voz tão singular e, claro, com o público entoado o canto junto a ela.

Marília falou para os fãs sobre a falta que ela sentia das apresentações, o nervosismo de voltar ao palco e da energia que os fãs transmitem para ela. Mesmo a “voz travada” não apagou o brilho do evento e a importância dele para a sua carreira e para quem a acompanha.

A coletiva de imprensa

Antes de se apresentar, a cantora Marília Mendonça conversou com a imprensa para falar sobre sua tão esperada volta aos palcos, maternidade, as principais mudanças na vida pessoal e profissional após a chegada de seu filho e, claro, da sua nova turnê.

Marília falou da ajuda que recebe de sua mãe para cuidar do Léo e sobre a insegurança de voltar ao palco. “Eu acho que o sinônimo da palavra mãe é culpa, a gente sente culpa de tudo, por não dar conta disso ou daquilo, por estar indo trabalhar e deixar o filho. Mas me sinto muito feliz por querer estar aqui agora, sei que consigo amar ele e fazer isso é uma demonstração de amor, porque tenho certeza que vou dar muito mais valor a tudo que eu vivo e ao meu trabalho sabendo que eu tenho uma vidinha para eu cuidar”, comenta.

A cantora explicou que “Todos os Cantos” recebeu esse nome pela sua ambiguidade ao referir cantos como vozes e lugares. Além disso, ela fez um balanço sobre o projeto iniciado no ano passado. “Sonhar com o projeto é uma coisa, tomar a decisão e enfrenta-lo é outra completamente diferente. Teve, tem e vai ter muito perrengue, mas o nome e a marca Marília Mendonça aumenta cada vez mais, sendo que existe uma antes e outra depois de ‘Todos os Cantos’”, explica a cantora.

Ao final da coletiva, a Som Livre fez a entrega da placada de 10 milhões de inscritos no YouTube Brasil, pelo seu canal na plataforma, que já conta com mais de 14 milhões de inscritos, sendo a única artista brasileira a alcançar esse feito.

A turnê Todos os Cantos

A turnê “Todos os Cantos” nasceu do sonho de Marília de cantar, literalmente, em todos os cantos do Brasil. Em 2019, a cantora passou por diversas capitais do país arrastando multidões para shows gratuitos em praças públicas.

Na coletiva, Marília revelou que não há datas confirmadas para os próximos shows da turnê e que tudo seguirá como no começo do projeto, por meio de EPs, mas que ao decorrer do tempo mudanças podem acontecer.

O cenário que seguirá na temporada 2020 é um espetáculo a parte tanto na tecnologia quanto no conceito, que tem como premissa trabalhar o sentimento das pessoas que estão assistindo, fazendo conexão com as letras tocadas. “Trouxemos mais de 40 atores e criamos um roteiro para cada música. Sempre temos a interação da Marília com o painel ou com a luz”, explica Thiago Silva, diretor do show.

Na música “Serenata”, por exemplo, o telão apresenta o cantor Falcão, citado na letra. Em “Todo Mundo Vai Sofrer”, aparece o rosto de uma atriz chorando e as pétalas de uma flor, escritas “não me quer” vão caindo aos poucos. Já a “A Culpa é Dele”, duas amigas aparecem brigando por causa de um homem.

Mas é logo no começo que o cenário tem um papel fundamental; há uma narração divertida sobre a sofrência que o show pode causar, seguida de vídeos das apresentações da turnê da cantora pelo país. “Fizemos um video mapping no rosto da Marília, trazendo a história que ela passou pelo Brasil em 2019. A surpresa fica para o final, que foca no olhar dela direcionado para este momento”, finaliza o Thiago.

Marília Mendonça
Foto: Guilherme Moura

 

As personagens femininas da Turma da Mônica vão invadir o Conjunto Nacional, na capital paulista, para trazer a exposição Donas da Rua da História, que ficará aberta ao público do dia 03 a 17 de março.

A mostra, que homenageia 19 mulheres que marcaram a humanidade, comemora o quarto ano do projeto Donas da Rua da História, criado para fomentar o empoderamento de meninas, organizado em torno dos três pilares que sustentam a iniciativa: artes, esportes e ciências. O projeto conta com o apoio institucional da ONU Mulheres, parceria que tornou a Maurício de Sousa Produções signatária dos Princípios de Empoderamento da ONU Mulheres.

As Donas da Rua da História são representadas pelas personagens do Bairro do Limoeiro, e as ilustrações estarão em grandes painéis. Os visitantes poderão conhecer também um pouco mais da biografia de cada homenageada, entre elas a bióloga Neiva Guedes, que contribuiu para a preservação da arara azul no Pantanal, retratada pela personagem Rosinha, e a matemática Katherine Johnson, cujos cálculos foram fundamentais para que o homem chegasse à Lua, representada por Milena.

Pela primeira vez a exposição traz o desenho de uma dupla, a das campeãs olímpicas Martine Grael e Kahena Kunze, representadas pelas personagens Denise e Aninha, reforçando a importância a colaboração entre mulheres.

Para Mônica Sousa, criadora do projeto Donas da Rua e diretora executiva da Mauricio de Sousa Produções, reconhecer e evidenciar grandes nomes femininos para que sirvam de inspiração é um passo para o empoderamento. “Ao destacarmos mulheres fortes, as meninas se inspiram a também fazer sua própria história. Queremos levar a consciência de que todas são capazes de fazer a diferença”, pontua a executiva.

Exposição Donas da Rua da História

Local: Conjunto Nacional — Avenida Paulista, 2073, Piso Térreo, São Paulo – SP
Data: de 03 a 17 de março de 2020
Horário de Funcionamento: de segunda a sábado, das 7h às 22h; domingos e feriados, das 10h às 22h
Site: www.turmadamonica.com.br/donasdarua
Gratuito

A banda Queen Experience, que é integrante do projeto Queen Experience in Concert, se apresentará, nos dias 30 e 31 de meio, no Teatro Bradesco, localizado no Bourbon Shopping.

Formada pelo vocalista André Abreu, Danilo Toledo (guitarra), Fábio del Popolo (baixo) e Guga Teixeira (bateria), o espetáculo une o Rock’n Roll com a música Sinfônica, trazendo para um mesmo palco a formação original e uma orquestra sinfônica, conduzidos pelo maestro Eduardo Pereira, proporcionando ao público uma experiência de imersão musical por meio de uma releitura da obra de Freddie Mercury, Brian May, John Deacon e Roger Taylor.

Os ingressos estão à venda pelo site da uhuu.com e bilheteria do teatro. Os valores vão de R$80,00 a R$220,00

Queen Experience in Concert no Teatro Bradesco 

Duração: 70 min.
Faixa Etária: Livre
Capacidade: 1457 pessoas
Acesso para pessoas com deficiência

Datas:
30/05/2020 – Sábado às 21h
31/05/2020 – Domingo às 20h 

Teatro Bradesco: (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo) – www.teatrobradesco.com.br

 Preços dos ingressos:

FRISA 3º ANDAR (1ª FILA) R$80,00
FRISA 3º ANDAR (1ª FILA) R$40,00 (meia-entrada)

BALCÃO NOBRE R$100,00
BALCÃO NOBRE R$50,00 (meia-entrada)

FRISA 2º ANDAR R$100,00
FRISA 2º ANDAR R$50,00 (meia-entrada)

FRISA 1º ANDAR R$120,00
FRISA 1º ANDAR R$60,00 (meia-entrada)

CAMAROTES R$140,00
CAMAROTES R$70,00 (meia-entrada)

PLATEIA (O a W) R$160,00
PLATEIA (O a W) R$80,00 (meia-entrada)

PLATEIA (E a N) R$180,00
PLATEIA (E a N) R$90,00 (meia-entrada)

PLATEIA GOLD R$220,00
PLATEIA GOLD R$110,00 (meia-entrada)

– 50% de desconto para Clientes Bradesco e guichê exclusivo na bilheteria do Teatro. Desconto limitado a quatro ingressos por sessão para titulares dos cartões de crédito e débito (exceto cartão pessoa jurídica Bradescard). Limitado a quatro ingressos por sessão para o titular e cota de 240 ingressos por sessão;

– 40% de desconto para cartões Zaffari Card e Bourbon Card, na compra de até dois ingressos por titular.

** Descontos não cumulativos com meia entrada e outras promoções, limitado até 200 ingressos de cada sessão/espetáculo.

*** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo.

 

Após encantar espectadores em cidades do Brasil, Argentina, Chile e Peru, o musical A Bela e a Fera, produzido pela Black and Red e dirigido por Billy Bond, entra em cartaz no Teatro Bradesco, em São Paulo, com apresentações nos dias 7 e 8 de março (sábado e domingo). O diretor italiano também é responsável pela encenação de Mágico de Oz, Natal Mágico, Peter Pan, Cinderella, Os Miseráveis, entre outras histórias de sucesso.

A peça reproduz o clássico conto da Bela e a Fera, focando na protagonista Bela, uma jovem inteligente que vive em uma pequena aldeia, mas é considerada estranha pelos moradores locais. Quando seu pai é ameaçado covardemente de perder sua casa para Gastón, homem que tenta se casar com Bela a qualquer custo, ela foge para impedi-lo de alcançar seu propósito.

Bela se perde nos bosques durante uma tormenta e, para fugir da perseguição dos lobos, procura abrigo em um castelo. Lá, torna-se prisioneira da Fera, o senhor do castelo, que na verdade é um príncipe que foi amaldiçoado por uma feiticeira, quando negou abrigo a ela. Os moradores do castelo também foram amaldiçoados, sendo transformados em objetos falantes, e sentem que o encontro os dois pode ser a chance do feitiço ser quebrado, o que só acontecerá se a Fera amar alguém e tiver o amor retribuído. Mas tudo precisa acontecer rápido, pois quando a última pétala de uma rosa encantada cair, o feitiço não poderá ser mais ser desfeito.

A produção utiliza efeitos especiais e de iluminação, recursos de gelo seco, equipamentos que fazem a plateia ter a sensação de fazer parte do espetáculo. Entre os truques destacados estão a levitação e o voo de um fantasma, num recurso ilusionista; e o 4D, efeito inovador no palco, que aproxima ainda mais os espectadores do universo mágico apresentado.  “O público sente o cheiro das rosas, da chuva, sente o vento, a neve e muitas outras sensações que fazem parte da história”, relata o diretor Billy Bond.

Com cerca de 200 profissionais envolvidos na produção, entre eles 14 atores, que interpretam 40 personagens, e 16 pessoas no corpo de baile, mais de 180 figurinos e quatro cenários principais, Billy revela que a partir dos anos 2000, sedimentou seu formato de encenar espetáculos musicais com total liberdade de criação. Em A Bela e A Fera quase 80 profissionais trabalham durante a sessão, do maquiador à produtora, passando por técnicos, atores e bilheteiros.

Ficha Técnica

Direção geral e adaptação de texto: Billy Bond. Direção de dramaturgia: Marcio Yacoff. Arranjos e direção musical: Vila/Bond. Coreografia: Italo Rodrigues. Cenográfica: Paul Veskasky Cyrus Oficinas. Direção técnica: Angelo Meirelles. Direção geral de produção: Andrea Oliveira.

Elenco

Luiza Lapa (Bela), Diego Luri (Fera), Marcio Louzada (Principe), Marcio Geovani da Silva (Gaston), Luana Martins (Ulisses), Alvaro de Pádua (Lumina), Ítalo Rodrigues  (Tic Toc), Titzi Marques (Bule), Davi Okabe (Xícara), Luiz Pacini (Pai), Fernanda Perfeito (Anacleta), Paula Canterini (Carlota e Poltrona), Marcio Louzada (Fariseo), Newton  Yamassaki (Tapete), Fernanda Perfeito (Pixixe).

A Bela e a Fera – O Musical 

Classificação: livre
Duração: 120 minutos
Formato: musical
Capacidade: 1457 pessoas
Acesso para pessoas com deficiênciaTeatro Bradesco: (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo) – www.teatrobradesco.com.br
Apoio: Cia Nacional de Álcool

Datas:

Sábado, 07 de março de 2020 – 11:00 – sessão com interpretação em Libras
Sábado, 07 de março de 2020 – 15:00
Domingo, 8 de março de 2020 – 11:00
Domingo, 8 de março de 2020 – 15:00

Preços dos ingressos:

Camarote = R$160,00
Camarote (ingresso popular) = R$ 74,00
Plateia (A a H) = 160,00
Plateia (A a H) – (Ingresso Popular) = R$ 74,00
Plateia (J a N) = R$ 140,00
Plateia (J a N) – (Ingresso Popular) = R$ 74,00
Plateia (O a W) = R$ 120,00
Plateia (O a W) – (Ingresso popular) = R$ 74,00
Balcão Nobre = R$ 80,00
Balcão Nobre (Ingresso Popular) = R$ 74,00

Frisa 1º andar = R$ 80,00
Frisa 1º andar (Ingresso Popular) = R$ 74,00
Frisa 2º andar = R$ 70,00
Frisa 2º andar (Ingresso Popular) = R$ 70,00
Frisa 3º andar = R$ 70,00
Frisa 3º andar (Ingresso Popular) = R$ 70,00

 

Marília Mendonça está chegando! Depois do hiato devido o nascimento de seu filho Léo, a sertaneja fará o os primeiros shows de retorno no palco do Espaço das Américas, nos dias 06 e 07 de março

No repertório da rainha da sofrência estão faixas como “Supera”, “Intenção” e “Abandono de Incapaz”. Outros hits como “Toda Mundo Vai Sofrer”, “Apaixonadinha”, “Infiel” e “Sei de Cor”, que marcaram a carreira da cantora, também farão parte da apresentação.

Os ingressos para o show já estão disponíveis para venda na bilheteria do Espaço das Américas e no site da Ticket 360. Os valores variam de R$ 100,00 a R$280,00.

Marília Mendonça no Espaço das Américas

Datas: 06 e 07 de março 2020 (sexta e sábado)
Abertura da casa: 22h
Início do show: 23h30

Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: simIngressos – 06 de março (sexta-feira): Pista – 1º lote: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia) | Pista – 2º lote: R$ 120.00 (inteira) e R$ 60,00 (meia) | Pista – 3º lote: R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | Pista Premium – 1º lote: R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | Pista Premium – 2º lote: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia) | Pista Premium – 3º lote: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia) | Camarotes A e B: R$ 280,00 | Mezanino: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia).

Ingressos – 07 de março (sábado): Pista – 1º lote: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia) | Pista – 2º lote: R$ 140.00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | Pista – 3º lote: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia) | Pista Premium – 1º lote: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia) | Pista Premium – 2º lote: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia) | Pista Premium – 3º lote: R$ 200,00 (inteira) e R$ 100,00 (meia) | Camarotes A e B: R$ 280,00 | Mezanino: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia).

Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site Ticket 360.

Uma sofisticada mansão vitoriana de 800m2 inspirada na Belle Époque abriga o novo Antonella, restaurante que nasce com a proposta de trazer para a cena gastronômica paulistana a exuberância e romantismo da época de ouro de Paris do fim do século XIX. Localizado no Jardim Paulista, o endereço abriu em janeiro de 2020.

Maison Antonella nasceu da união dos jovens executivos do Grupo PHD Entretenimento (Tetto Rooftop, Aragon e Dupplex) e Antonio Oliva, filho de um dos grandes nomes da noite paulistana, José Victor Oliva. O ponto de partida do novo negócio foi o desejo de resgatar a sofisticação e efervescência da Belle Époque. Para dar vida ao projeto, criaram a história da Antonella, jovem nascida em família nobre francesa no século XIX que, ao ver-se viúva com apenas 17 anos, torna-se uma entusiasta da arte, música e literatura da época. Uma mulher à frente de seu tempo, famosa pelas grandes festas que dava em sua mansão.

De volta a São Paulo do século XXI está a Maison Antonella, que foi concebida com o conceito de mansão. As diferentes salas/ambientes levam nomes específicos, como o The Gallery Saloon, o Terraço Primavera, a Private Room e a Cúpula. O projeto Art Noveau, com decoração floral e elementos rococó é do arquiteto Gilberto Criscuolo, enquanto o paisagismo é de André Pedrotti. A fachada da casa e seu jardim vertical, com milhares de flores, mudam conforme a estação do ano.  Veludos, cortinas capitonês, lareira, louças retrô e obras de arte são outros elementos que transportam o visitante à Belle Époque.

Maison Antonella
Foto: Tadeu Brunelli

Por dentro da casa

No primeiro piso funciona o restaurante de gastronomia mediterrânea francesa, com menu assinado pelo chef Mack Novais (ex-Eataly Brasil). Entre os pratos, destacam-se o Arroz de Polvo malandrinho (arroz negro lentamente cozido com chorizo espanhol – R$ 88,00); Coquetel de camarões “Escoffier 1920” (camarões cozidos com molho cocktail, abacate e alface – R$ 58,00); além de opções para duas pessoas, como o Porterhouse “Swift Black” (com manteiga café de Paris, agrião e batatas rústicas – R$ 198,00); e a Panela de peixes e frutos do mar (assado levemente e servido com Ratatouille e um leve aioli – R$ 168,00).

Os drinks da casa têm assinatura do mixologista Matheus Cunha, que também está à frente de outras casas do grupo, e para o novo endereço criou uma carta com oito drinques autorais inspirados nas estações do ano como o frutado Bubbles Shower (feito com Vodka Absolut Elyx, tintura de pêssego, néctar de caju, redução de hibiscus e soda de violeta – R$ 54,00) com a cara da primavera; para o verão, o refrescante Burning Head (Gin Beefeater com infusão de Capim Santo, néctar de uva verde, xarope de gengibre, limão siciliano e água de coco – R$ 38,00); de outono, o Falling Leaf (Rum Havana 7 anos, limão siciliano, maple frangelico, bitter aromático – R$ 54,00); e para aquecer o inverno, o potente Hug me (vinho branco, especiarias e laranja – R$38,00).  Há também clássicos como como Gin Tônica (R$ 34,00) e Negroni (R$ 33,00).

No mezanino do segundo piso funciona um bar, de onde se vê o térreo da casa e sua decoração. Na Cúpula da Mansão funciona um clube para membros, inspirado nos existentes em Londres e Paris. Ambos locais podem ser reservados para eventos fechados de segunda a quinta-feira e aos sábados e domingos.

A proposta da Maison Antonella é ser um espaço de experiência, daí o cenário com esculturas, pinturas, flores, lareira, capitonês, abajures, velas… “Nos últimos tempos perdemos muitas referências. Queremos trazer o romantismo clássico de volta. Resgatar a mesa bem-feita, a magia de um jardim inglês de flores por todos os lados, velas, alabastros e obras de arte, somados a alta gastronomia e coquetelaria”, celebra Marco Bordon, um dos sócios.

Maison Antonella Restaurante

Endereço: Av. Brigadeiro Luís Antonio, 4764 – Jardim Paulista – São Paulo/SP
Telefone: (11) 3884-8182
Horário de funcionamento: terça-feira a quinta-feira, das 20h às 02h; sexta-feira e sábado, das 12h às 2h; domingo, das 12h às 18h.
Capacidade (restaurante): 90 lugares
Cartões: todos
Preço médio: R$150,00
Valet: R$ 40,00
Acesso deficientes: sim
@antonellamaison

 

No dia 19 de abril, o trio Melim, considerado um dos fenômenos pop da atualidade, fará uma apresentação única no Espaço das Américas.

Após permanecer por 80 semanas no Top 200 do Spotify Brasil, ter sido a única banda a emplacar simultaneamente, em um ano, três músicas no top 10 das rádios pop brasileiras, entre outras conquistas, os irmãos chegam a São Paulo cheios de energia para apresentar o novo show.

O repertório contará com canções inéditas, além do single “Gelo”, lançado em agosto de 2019. Atualmente o single está no top 5 das músicas mais tocadas nas rádios pop do país.

Os ingressos já estão à venda nas bilheterias do Espaço das Américas e no site Ticket 360 . Os valores variam entre R$ 60,00 e R$ 280,00.

Melim no Espaço das Américas

Data: 19 de abril de 2020 (domingo)
Abertura da casa: 17h
Início do show: 18h30
Censura: Livre – menores de 12 anos apenas acompanhado dos pais ou responsável legal
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Setor Platinum: R$ 280,00 (inteira) e R$ 140,00 (meia) | Setor Azul Premium: R$ 220,00 (inteira) e R$ 110,00 (meia) | Setor Azul: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia) | SETOR A, B, C e D:  R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | SETOR E, F, G e H: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia) | Setor PCD: R$ 60,00 | CAMAROTES A e B: R$ 280,00 
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou Online pelo site Ticket 360.

 

No dia 16 de maio, o cantor Luan Santana volta ao Espaço das Américas para fazer a divulgação de seu mais recente lançamento, o DVD Viva

O repertório focará em faixas de seu mais recente trabalho. “Choque Térmico“, “Quando a Bad Bater“, “Sofrendo Feito Um Louco“, “Ignore“, “Água com Açúcar“, “Meu Investimento“, entre outros sucessos.

Os ingressos já estão à venda nas bilheterias do Espaço das Américas ou acessar no site Ticket 360.

Luan Santana – Viva no Espaço das Américas

Data: 16 de maio de 2020 (sábado)
Abertura da casa: 20h
Início do show: 22h
Censura: 14 anos
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Pista 1º lote: R$ 100,00 (inteira) e R$ 50,00 (meia) | Pista 2º lote: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia) | Pista 3º lote: R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | Camarote Premium 1º lote: R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) | Camarote Premium 2º lote: R$ 160,00 (inteira) e R$ 80,00 (meia) | Camarote Premium 3º lote: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00  | Camarote A e B: R$ 220,00
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site Ticket 360.

 

ONE NIGHT OF TINA – A História de Tina Turner” é uma homenagem para comemorar os mais de 60 anos de carreira da cantora. O musical, que passará nos palcos da Inglaterra, EUA, Suíça, Alemanha e Áustria, chega ao Brasil em maio, com apresentações em São Paulo, no Espaço das Américasdia 28; no Rio de Janeiro, no Vivo Rio, dia 29; em Belo Horizonte, dia 30, no Palácio das Artes; e no dia 31, em Porto Alegre, no Teatro Bourbon Country.

Tina Turner é uma lenda viva com quase 200 milhões de discos vendidos e 12 Grammys, sendo também lembrada por vender mais ingressos para shows durante sua carreira do que qualquer outra artista. 

Musical One Night Of Tina, que conta história de Tina Turner, chega em maio ao Espaço das Américas
Foto: divulgação

A carreira de Tina Turner e seus maiores sucessos são trazidos à vida nesta produção, entre eles: Simply the best“, “Private Dancer“, “What’s Love Got To Do With It e We Don’t Need Another Hero. “Se você é um apaixonado por estas canções, certamente se encantará com esta produção”, diz o diretor do espetáculo Gary Lloyd, conhecido também por ser diretor e coreógrafo do Thriller Live – A obra Prima de Michael Jackson.

Os ingressos para o musical estão à venda nas bilheterias do Espaço das Américas e no site Ticket 360. Os preços variam entre R$ 90,00 e R$ 360,00. 

ONE NIGHT OF TINA no Espaço das Américas

Data: 28 de maio de 2020 
Abertura da casa: 20h
Início do show: 21h30
Censura: 14 anos
Local: Espaço das Américas (Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: simIngressos: SETOR PLATINUM: R$ 360,00 (inteira) e R$ 180,00 (meia) | SETOR AZUL PREMIUM: R$ 240,00 (inteira) e R$ 120,00 (meia) | SETOR AZUL: R$ 200,00 (inteira) e R$ 100,00 (meia) | SETOR A, B, C e D: R$ 180,00 (inteira) e R$ 90,00 (meia) | SETOR E, F, G e H: R$ 140,00 (inteira) e R$ 70,00 (meia) |  Setor PCD: R$ 70,00 (meia) |  Camarotes A e B: R$ 360,00. 
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência) ou Online pelo site Ticket 360.

 

No dia 5 de março, a dupla Thaeme e Thiago fará o lançamento do seu novo DVD, Química, em São Paulo, no Villa Country.

Contando com 23 músicas inéditas e uma regravação, o DVD será divulgado em três partes, com oito faixas cada. A faixa-título “Química” deu o tom do projeto que teve as participações de Jorge (da dupla Jorge & Mateus), Henrique & Diego, Gustavo Mioto, Tayrone e Gaab (através de projeção).

No repertório, também estarão grandes clássicos de carreira. “Ai Que Dó“, “Coração Apertado“, “O que Acontece na Balada“, entre muitas outras. “Será um show ímpar e tenho certeza de que o público dançará e se emocionará do começo ao fim”, comenta Thaeme. 

Os ingressos estão à venda nas bilheterias do Villa Country e no site Ticket 360. Os preços variam entre R$ 30,00 e R$ 120,00. 

Thaeme e Thiago no Villa Country 

Data: 05 de março de 2020 (quinta-feira)
Horário de Abertura da casa: 20h
Horário do Show: 00h
Local: Villa Country (Av. Francisco Matarazzo, 774, Parque da Água Branca, São Paulo)
Censura: 18 anos
Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Pista: Mulher: R$ 30,00 e Homem: R$ 50,00 | Camarote Vila/Brahma: R$ 120,00
Compra de ingressos: nas bilheterias do Villa Country (de segunda a sábado das 10h às 22h e aos domingos das 13h às 22h) ou Online no site Ticket 360