Tag

Armandinho

Browsing

Na última sexta (18), São Paulo recebeu, no espaço das Américas, a edição nacional do Reggae Live Station, evento que reúne os maiores nomes do reggae. Nesta ocasião estavam presentes quatro das maiores bandas do cenário brasileiro, que lotaram a casa e fizeram o público cantar muito.

A primeira banda a se apresentar foi o Planta e Raiz. O Grupo, que já está há 21 anos na estrada, cantou sucessos como “Com Certeza”, “Aquele Lugar”, “Oh chuva” e ainda presenteou os fãs cantando pela primeira vez “Fruto da Semente”, canção em parceria com Fabio Brazza, que foi convidado especial da banda para lançar mais um sucesso.

A segunda banda a subir ao palco foi a Tribo de Jah. Em sua turnê de 30 anos, a banda do Maranhão liderada por Fauzi Beydoun, que também divide os vocais com o seu filho Pedro Beydoun, levou ao palco o bom e velho reggae roots com canções como “Morena Raiz” e “Regueiros Guerreiros”. A banda contou também com a participação especial do músico Adonai, integrante da banda Cidade Verde.

Logo em seguida foi a vez do Armandinho apresentar seus sucessos ao público. O cantor que marcou uma geração com as músicas “Desenho de Deus” e “Semente” conseguiu manter o público cantando com ele do início ao fim do seu show, e para retribuir o carinho que recebeu, o regueiro  desceu do palco e cantou juntinho dos fãs.

E para a fechar a noite com chave de ouro, a banda Maneva se apresentou, ainda com a casa cheia, e embalou os casais presentes com suas românticas canções “Reviso Meus Planos” e “Luz que Me Traz Paz” e fez a galera pular ao som de “Meu Pai é Rastafari”.

O Reggae Live Station é um festival em que o principal objetivo é levar cultura aos amantes do reggae e mostrar que o movimento ainda é sobre a paz.

Para quem esperava um show mais tranquilo, se surpreendeu ao assistir a apresentação de Vitor Kley nesta véspera de feriado (19), no Espaço das Américas. Isso porque o cantor e sua banda não pararam um só segundo, e quando pararam um coro de “eu não vou embora” tomou conta do local, trazendo o artista de volta ao palco para cantar “O Sol”, música que também marcou o início do show.

Empolgando o público com canções como “Morena” e “Bem Te Vi”, Vitor Kley ainda homenageou alguns músicos, como: Charlie Brown Jr., cantando “Ela Vai Voltar”; A Banda mais bonita da cidade, com “Oração”; Gaab e Mc Hariel, com “Tem Café”; Iza, com “Pesadão”; Melim com “Abrigo”; e para finalizar as homenagens, o refrão da música “Pais e Filhos”, do Legião Urbana.

Além disso, a banda Duo Avesso e músico Armandinho marcaram presença e completaram a festa, dividindo o palco com o cantor.

Já na madrugada de quinta-feira, os meninos do Atitude 67 se apresentaram, fazendo deste dia, sem dúvida, inesquecível não só para os fãs, mas como também para banda. Iniciando o show com a música “Saideira”, grande sucesso dos músicos, eles elevaram ainda mais a vibe e jogaram o astral do público lá em cima, permanecendo assim até o final da apresentação.

O show também contou com homenagens à banda Charlie Brown Jr. e ao rapper Sabotagem, músicos que inspiraram a banda.

Em meio a coreografias feita pela banda durante as canções e aos jogos de luzes perfeitamente sincronizados às batidas das músicas, os meninos foram surpreendidos e presenteados com o disco de ouro pela música “Vem” e o duplo platina pelo álbum “A67 ao Vivo”, madrugada histórica para banda e para os fãs.

*Bianca Vidal especial para o Portal Opa