Tag

Anitta

Browsing

No dia 25 de janeiro, São Paulo receberá mais um “Ensaios da Anitta”, o esquenta que a cantora  faz para o seu bloco de Carnaval. O evento, que já dá um gostinho de como será o Bloco da Anitta, será feito no Memorial da América Latina.

Com realização da Agência InHaus e duração de mais de cinco horas, das 14h às 22h, a cantora cantará seus hits de sucesso e receberá convidados em um palco 360 graus, em que o público poderá conferir a apresentação mais próximo da cantora.

“Ensaios da Anitta” no memorial da América Latina

Data: 25 de janeiro de 2020 (sábado)
Horário: 14h às 22h
Local: Memorial da América Latina
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda – SP
Classificação: 18 anos
Capacidade: 4 mil pessoas
Valor dos ingressos: de R$60,00 a R$322,00
Site vendas:  bit.ly/EnsaioAnittaSp

 

Está chegando mais uma edição do Combatchy! Dessa vez, Anitta desafiou as cantoras Lexa, Luísa Sonza e Mc Rebecca a subirem ao palco do Espaço das Américas, no dia 19 de novembro, e cantarem e perfomarem seus maiores sucessos.

Em um palco montado em formato de octógono, as cantoras protagonizarão uma espécie de “batalha”. A proposta é uma brincadeira criada por Anitta, que acontecerá com apresentações de forma alternada e, por vezes, em conjunto. Além da apresentação única, as quatro cantoras prepararam uma música e videoclipe que levam o nome da festa. A música Combatchy e o clipe serão liberados em breve.

Além das cantoras, as DJs Giordanna e Babi Deejay, reconhecidas no cenário LGBTQIA+ nacional, apresentarão diversas mixagens na pista.

Os ingressos já estão à venda e podem ser comprados nas bilheterias do Espaço das Américas ou online por meio do site Ticket 360. Os preços vão de R$ 50,00 a R$ 300,00.

Combatchy – Espaço das Américas

Data: 19 de novembro de 2019 (terça-feira)
Abertura da casa: 22h
Censura: 18 anos
Local: Espaço das Américas ( Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: sim

Ingressos: Pista 1º lote: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia) | Camarote Premium 1º lote: R$ 120,00 (inteira) e R$ 60,00 (meia) | Mezanino Open Bar 1º lote: R$ 300,00 (valor único)
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h – sem taxa de conveniência ) ou online pelo site Ticket 360.

 

O Tatu Bola Festival chega pela primeira vez em Campinas, em São Paulo, reunido diversas atrações musicais com mais de 12 horas de programação, no dia 17 de agosto, na fazenda margarida. A organização do evento fica por conta do Tatu Bola Bar, Toca do Tatu e LoveLife,

O line up dessa edição terá funk, sertanejo universitárioe música eletrônica com diversas atrações. Entre os artistas estão a cantora Anitta, os DJ’s Jetlag, Matheus & Kauan e João Neto & Frederico. O Tatu Bola Festival ainda contará com a presença de MC Matheuzinho, Banda MBM, Blackout, Teles, Maurício Micelli e Ricardo Bertello.

Os convites podem ser comprados via Ingresse, tanto no aplicativo como no site. Também é possível garantir os ingressos, sem taxas, nas unidades do Tatu Bola Bar, localizadas em São Paulo, na região dos Jardins, Itaim, Berrini, Vila Olímpia e em São Bernardo do Campo. Além do Tatu Bola Bar, os ingressos também estarão disponíveis para vendas nos três endereços do Eu Tu Eles Bar, da mesma rede, nas unidades Faria Lima, Vila Olímpia e Paulista. Além disso, as casas Porto Luna, Toca do Tatu e Boteco Boa Praça, no Itaim, terão os ingressos para o público interessado.

Tatu Bola Festival

Data: 17 de agosto – Sábado
Horário: A partir das 15h
Local: Fazenda Santa Margarida
Endereço: Rua Rubens Gomes Balsas, 311, Joaquim Egídio -Campinas/SP
Convites: Os convites podem ser comprados via Ingresse, tanto no App como no site através do link: https://www.ingresse.com/ingressos-tatu-bola-festival-17-08-2019 ou nas unidades do Tatu Bola Bar, do Eu Tu Eles Bar, do Porto Luna, da Toca do Tatu e do Boteco Boa Praça, localizados em São Paulo.

 

“Vai Anitta” é o novo documentário produzido e distribuído pela Netflix, lançado na última sexta (16), que conta um pouco mais da carreira de Larissa de Macedo Machado, a Anitta. A produção é genuína e mostra como a marca Anitta vem sendo lapidada ao longo do tempo, em especial sua projeção fora do país, porém não é pioneira ao mostrar o lado “humano” de uma grande celebridade.

Em todo o Brasil, é simplesmente impossível encontrar uma pessoa que não conheça Anitta ou que não saiba cantar ao menos uma de suas músicas. “Vai Anitta” mostra que, de forma avassaladora, a artista abocanhou o país com o seus hits e que está fazendo o mesmo fora dele de forma rápida. Basta acompanhar seus números – já que ela é a cantora brasileira mais ouvida fora do Brasil, no Youtube e Spotify – ou até mesmo sua crescente posição na Billboard.

O documentário traz diversas pessoas que estão ao redor da cantora, como seu irmão, que é seu sócio, seus pais, empresários, dançarinos, assistentes, amigos, famosos como Jojo Toddynho, Victor Sarro e Nego do Borel, e seu ex-marido, Thiago Magalhães. Todo esse background tem como esforço mostrar um lado mais humano da cantora, tanto para gerar empatia quanto reafirmar como ela é boa no que faz — você pode não gostar da Anitta, mas é inegável como ela faz bem o que se propõe a fazer.

A jornada da sua carreira mais explorada foi o projeto Check Mate, com o qual lançou quatro músicas, com seus clipes, em um período de quatro meses, fazendo parceria com nomes de peso para se projetar fora do Brasil. Outra característica interessante do Check Mate é que cada música tem uma particularidade muito própria, tanto de letra quanto de estilo, mas todas mantêm a assinatura da cantora.

A música “Will I See You” conta com a participação de Poo Bear em uma música mais romântica cantada em inglês que trouxe um pouco da bossa nova. Já a segunda música, “Is That For Me”, também em inglês, contou com as batidas envolventes do DJ Alesso. A terceira música, “Down Town”, aflorou na cantora o ritmo latino, ao lado de J-Balvin, com quem já tinha feito uma música anteriormente. Mas foi apenas na última música que Anitta voltou para suas raízes do funk e fechou o projeto com chave de ouro ao lado de MC Zaac e Maejor. A série explora algumas curiosidades de cada uma das músicas e o relacionamento da cantora com todos os artistas e produtores internacionais.

Um dos momentos mais interessantes da série é o making off do clipe “Indecente”, que foi gravado ao vivo na casa da cantora, além de fazer parte da comemoração do seu aniversário. Durante esse grande evento é possível ver mais sobre Anitta, seu perfeccionismo, suas ideias inovadoras quando se fala de música brasileira e nuances de sua personalidade.

O grande problema da série é justamente como a personalidade da Anitta é tratada. Existe uma autoafirmação em demasia do potencial da cantora, que é inegável, porém existem momentos que queremos ver outras facetas como raiva, exigência, preocupação e tristeza, afinal de contas, ela é humana e existe muita cobrança em cima de seu trabalho. Talvez parte do problema seja o fato de que a própria Anitta é produtora-executiva da série. Essa falta é bastante visível, principalmente quando a série é comparada com outros documentários que possuem a mesma proposta como “Life is But a Dream”, da Beyoncé, no qual todos os aspectos da vida da cantora são explorados e existe maior identificação entre personagem e espectador.

A fotografia no momento das recordações da Anitta é algo que pode incomodar. As fotos da cantora são sobrepostas em fundos coloridos com variações de rosa, algo que, apesar se comunicar com a proposta mais simples e descontraída do documentário, acabou dando um ar muito caseiro e cafona à obra.

“Vai Anitta” desconstrói o arquétipo preconceituoso da funkeira que tem a bunda maior que o cérebro. A cantora mostra seu talento – sempre confirmado por grandes nomes da indústria musical –, suas relações interpessoais, revela defeitos, qualidades, problemas íntimos e se mostra humana como ela é. Muitas vezes a série peca em desenvolver os outros lados da personalidade da Larissa. Ainda assim, a série merece ser assistida por todos que desejam conhecer as virtudes de uma grande artista ou entender a revolução que ela causou na música brasileira.

Chega em São Paulo, no dia 19 de novembro, a terceira edição da festa Combatchy, no Espaços das Américas. A festa, como o próprio nome diz, relembra um “combate”, em um palco montado em forma de octógono, onde as cantoras Anitta e Luludmilla “batalharão”.

As apresentações dos hits serão de forma alternada ou em dupla. Além do show, Djs nacionais completam o line up da noite com os seus melhores sets.  “Fico muito feliz de tê-la comigo nesta edição! Somos amigas há muitos anos e admiro muito o trabalho dela. Mas não pensem que vou pegar leve”, diz Anitta.

Os ingressos estão disponíveis nas bilheterias do Espaço das Américas, ou pelo site, Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV).

COMBATCHY Anitta vs Ludimilla

Data: 19 de novembro de 2018 (segunda-feira)
Abertura da casa: 22h
Início do show: 00h30
Censura: 18 anos
Local: Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP)
Acesso para deficientes: sim