Contos & Crônicas

Bateu, chutou, é gol!!!

Eu sou a bola que vai pra lá e pra cá à procura de uma rede para estufar, por 90 minutos ou mais. Eu sou a alegria nas pernas deles e delas, que ginga, dribla, corre, dá chapéu e faz graça.

Eu sou a alegria de um povo que me espera com muita ansiedade, seja lá onde for, para me ver ou me ouvir no local do espetáculo, em casa, no bar, na sala de aula, no ônibus, na rua, no trabalho ou em qualquer outro lugar! Tenho o dom de fazer o coração explodir de tanta felicidade!

Faço com que aqueles que nem se conheçam se abracem e comemorem com gritos, cânticos, vibrando muito! Levo a esperança a lugares em que ela raramente chega… às vezes, causo raiva momentânea, mas logo passa, pois o amor que sentem por mim é muito maior que qualquer sentimento ruim. Falando em ruindade, tem quem faça algumas em meu nome, mas eu não sou disso, sou amor, paz e alegria!

Existo há muitos anos, tem quem queira me dar um país como casa fixa, mas eu sou livre e percorro desde grande centros até as vielas mais escondidas. Para que eu possa existir, não é preciso muito. Se não tiver trave, não tem problema! Pega um par de chinelo que tá tudo certo; se não tiver bola, faça uma com meia, e se o time não tiver completo, não tem problema também, dividimos o que tem e que comece o jogo.

Sou a pauta de muitas conversas e gero muitas notícias, às vezes fazem disso uma superespetacularização e se esquecem da minha essência! Sou os xingamentos que saem da sua boca, a lágrima que corre no seu rosto, aquele que faz seu coração bater mais forte, desperto em você as sensações mais intensas que pode haver…eu sou o futebol!

Crônica sobre futebol
Foto: Pixabay

Escreva um Comentário

1 + 3 =