Alongamento de Cílios: métodos, benefícios e cuidados

“Os olhos são a janela da alma”. Acreditando nisso ou não, é sabido que o olhar diz muito sobre a pessoa, seus interesses, desejos e anseios. E é por isso que, cada vez mais, são investidas técnicas e produtos para ressaltar o olhar como máscaras de cílios e cílios postiços. Outra opção que vem conquistando um espaço muito grande nos salões de beleza é o alongamento de cílios.

A febre por cílios maiores nasceu em meados de 1911, quando houve a evolução dos cílios postiços para fios finos, que eram colocados através de uma fita adesiva. Outro marco, desta vez hollywoodiano, foi exibido no filme “Intolerância”, de 1916, no qual o diretor  D. W. Griffith queria que a estrela do filme, Seena Owen, tivesse o olhar muito maior. Para conseguir o efeito desejado, o cílios foram feitos com cabelo humano e costurados com tiras de gaze, que foram coladas nas pálpebras da atriz.

De lá para cá, as técnicas foram sendo aperfeiçoadas e, atualmente, três delas ganharam espaço na indústria da moda: o fio a fio, o tufinho e o volume russo. A extensionista de cílios, design de sobrancelhas e maquiadora Bruna Soares destacou as principais diferenças entre as três técnicas.

Fio a Fio:

A aplicação é feita com os fios sintéticos sendo colados em cada pelo dos cílios, podendo, inclusive, escolher o comprimento, curvatura e diâmetro dos cílios colados. Bruna conta ainda que este é o tipo mais pedido pelas suas clientes devido ao efeito natural que causa.

Volume russo:

Nesse procedimento são colados de dois a três fios sintéticos em cada pelo do cílio. Outra diferença é a textura dos fios, que dão ar mais natural. “Ele é muito bom para quem tem pouco volume”, indica a extesionista.

Tufinho:

A aplicação, assim como nos outros, é colada no pelo, a grande diferença é que os tufinhos já vêm prontos. São aproximadamente oito fios de cada, e esse alongamento traz muito volume.

A maquiadora explica que as principais razões para as clientes procurarem o serviço são a insatisfação de algumas mulheres que acham seus cílios pouco volumosos e a busca por praticidade. “Você já acorda linda. Não tem o trabalho de colocar máscara de cílios e nem acorda com aspecto de panda, com os olhos borrados”, explica.

Duração do alongamento de cílios:

Segundo Bruna, o alongamento dura em média um mês, mas em 15 dias é importante fazer uma manutenção para ter durabilidade e continuar com aspecto natural. “Na manutenção eu vou recolocar alguns cílios que podem ter caído e fazer com que eles permaneçam bonitos até ao longo de um mês”.

Outro fator decisivo para que o procedimento dure este tempo são os cuidados com os cílios. Para cuidar melhor dos seus cílios, Bruna dá algumas dicas:

  • Cuidado ao coçar os olhos. Uma boa tática é coçar como se estivesse usando máscara de cílios;
  • Não utilize demaquilante bifásico;
  • Na hora de remover a maquiagem, o ideal é usar um cotonete, com água micelar, ou lencinhos umedecidos próprios para tirar a maquiagem;
  • Pode tomar banho normalmente, lavar a cabeça e o rosto. Só é importante tomar bastante cuidado com o chuveiro, para a água não ir diretamente nos olhos, para não acelerar o processo de queda dos fios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s