Mostra de Jean-Michel Basquiat vai até domingo (08/04) no CCBB

Consagrado como um dos primeiros artistas negros a conquistar seu espaço no mundo predominantemente branco das galerias de arte de Nova Iorque, Jean-Michel Basquiat (1960-1688) transmite através de suas obras a impactante personalidade da cidade nos anos 70 e 80.

Nascido no Brooklyn, o nova-iorquino começou a pintar aos 17 anos obras que ficaram mundialmente famosas por transmitirem uma crítica social aos acontecimentos da época e ao espaço que o negro ocupava na sociedade. Conhecido por pinturas que lembravam grafites e traços que se assemelham a desenhos infantis, o artista se popularizou em meados dos anos 70, quando passou espalhar pelas ruas de Nova Iorque sua assinatura: SOMO (“same old shit” ou “a mesma merda de sempre”).

A arte que foi considerada desde grafite até neo-expressionista, ganhou em janeiro desse ano uma retrospectiva que marca os 30 anos da morte de Basquiat. Com 80 obras que vão desde telas à pintura em pratos de cerâmica, a exposição busca expor um panorama a respeito da vida de Jean-Michel Basquiat e suas fases como artista.

A mostra acontece no Centro Cultural Banco do Brasil e vai até o próximo domingo (08 de abril) e é gratuita. Para garantir seus ingressos sem filas, basta acessar o site www.eventim.com.br e reservar seu horário. Corre que ainda dá tempo!

Centro Cultural Banco do Brasil – São Paulo
Local:
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
CEP: 01012-000 | São Paulo (SP)
Fone: (11) 3113-3651

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s