3° Encontro de Mulheres na Gestão de Esporte

Na última segunda-feira (13),  aconteceu o 3° Encontro de Mulheres na Gestão de Esporte no auditório Philip Kloter, que fica na Escola Superior de Propaganda e Marketing na ESPM, organizado pela escola The360. O evento, que durou o dia todo, teve vários momentos de palestras e mesas redondas para discussões de assuntos atuais dos quais as mulheres têm feito parte. O público presente era bem diversificado: haviam estudantes, profissionais que atuam na área, atletas e jornalistas.

O workshop teve abertura com o case ‘O Crescimento do Futebol Feminino no Brasil’ e quem falou foi o diretor comercial da SportPromotion, Alfredo Carvalho, e a gerente de operações Lídia Peres. Eles abordaram o surgimento do marketing esportivo no Brasil, a crescente no futebol feminino e a questão do preconceito que existe em relação ao assunto. Na sequência, o tema tratado em uma mesa redonda foi a questão de eventos esportivos. Na mesa, estavam presentes Líbia Macedo, professora de ativação da ESPM; Sabrina Romero, gerente de Eventos da Vivo; Fabio Laudisio diretor de comunicação e Marketing da Japanhouse; e Niva de Mello, gerente de Eventos da NBA. Como mediadora, estava presente Juliana Frare, que atua como personal coach.

Durante o debate, eles falaram da possibilidade de surpreender, fazer produções inovadoras, criativas e a analise dos dados quantitativos e qualitativos para se fazer um evento. Quando questionados sobre a tecnologia, que está automaticamente ligada à questão de eventos, o ponto alto levantado foi a análise de público, pois nem todo mundo prefere redes sociais para se comunicar.

Na sequência, o assunto tratado na segunda mesa foi o momento do mercado de agências de negócios esportivos e contou com a presença de Manoela Penna, sócia-fundadora da Mídia Guide; Cristiane Adamo, gerente de atendimento da Katar Ibope Media; Angelica Souza, gerente de projetos da Mowa Sports; e Ismael Rocha, diretor de expansão acadêmica da ESPM que foi mediador desse debate. Na discussão, vários pontos foram destacados como as marcas que geram conteúdos exclusivos que valorizam coisas simples, como histórias cotidianas que fazem com que o indivíduo se torne o coletivo e faz com que aquilo viralize entre os espectadores. Falaram de pontos importantes para geração de conteúdo bem como contexto, público e plataformas e também trataram a questão de gestão de crise no esporte, que é algo que deve ser encarado com clareza e seriedade.

O evento teve a presença da medalhista olímpica Poliana Okimoto, que é também 3° Sargento do exército Brasileiro; Rafaella Bauerferdt Lopes, 1° Tenente da Marinha Brasileira e Patricia Rosas Patrocinio, 2° Tenente das Forças Armadas. Elas falaram da relação do sucesso entre os esportes e as forças armadas, explicaram como as coisas funcionam e dividiram algumas de suas experiências.

A última mesa tratou sobre o futuro do patrocínio esportivo. A jornalista Yara Achôa mediou a mesa em que estavam presentes Ana Bacelar, diretora de marketing do Comitê Paraolímpico Brasileiro; Maria Clara Couto, gerente de patrocínio da Mastercard; e Lucas Bueno, diretor executivo do grupo Mangar. O encerramento do evento foi com ex-técnico da Seleção Brasileira Feminina, Rene Simões, que atualmente é Football Coach e trouxe o case “No Dia que as Mulheres Viraram a Cabeça dos Homens” contando um pouco da sua experiência que teve.

Foto: Thamara Prado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s