Encantos da Linha Verde: descobrindo Imbassaí

Localizada a 63km de Salvador, a praia de Imbassaí vem aos poucos caindo no gosto dos turistas que procuram conhecer a capital baiana, além do roteiro comum. A aproximadamente 14km de distância da conhecida Praia do Forte, Imbassaí reúne atrativos para quem gosta de mar e água doce. Primeira parada da ainda desconhecida Linha Verde, o local reúne calmaria, paisagens deslumbrantes e a culinária típica da Bahia.

Como chegar
Para quem se hospeda próximo ao Farol da Barra, na capital, o trajeto pode demorar um pouco mais, mas nada que um GPS não resolva. Para aqueles que desembarcam no Aeroporto Internacional de Salvador — Deputado Luís Eduardo Magalhães, é possível alugar um carro dentro do local, por um preço em média de R$100,00 e partir de lá. Saindo de Salvador, siga pela Avenida Luís Viana Filho, conhecida como Paralela, no sentido Estrada do Coco – partindo do Aeroporto, o trajeto começa neste ponto.

A Estrada do Coco é o primeiro trecho – com 53km – da rodovia ecológica BA-099. Privatizada e com concessão à CLN (Concessionária Litoral Norte), há a cobrança de pedágio que custa entre R$ 5 a 10,00 dependendo do dia da semana. A estrada está em boas condições e é bem sinalizada, o que ajuda no trajeto. O primeiro sinal de que se está próximo a Imbassaí é quando se passa pela entrada da Praia do Forte.  De lá, continue dirigindo no mesmo sentido por aproximadamente 14km até a entrada de Imbassaí, à direita da rodovia.

Uma rua ladrilhada o levará ao centro de Imbassaí, onde você deverá deixar o carro, por R$100,00 pagos no fim do dia. De lá, você segue a pé até a praia.

Para quem deseja ir de ônibus, deverá partir da rodoviária de Salvador com direção a Praia do Forte, pela Viação Linha Verde, que opera alguns trechos da linha de mesmo nome e possui guichê no local para a compra de bilhetes e informações. Os horários são frequentes durante o dia, mas sempre são alterados, principalmente aos finais de semana, portanto é sempre bom checar os horários na véspera. Os ônibus que saem da rodoviária de Salvador passam no aeroporto para pegar os viajantes e de lá seguir para a Linha Verde.

Os pontos de ônibus estão localizados próximos ao desembarque, porém, não há placa indicativa do ponto específico do Expresso Linha Verde, portanto é necessário ficar atento e na dúvida perguntar aos funcionários do Aeroporto. Há um pequeno porém para quem decide ir de ônibus: o transporte leva os turistas até o centrinho da Praia do Forte e de lá é necessário pegar uma van até a entrada de Imbassaí. Logo na entrada, moto-táxis estão disponíveis para que o turista complete o trajeto, que não é longo, mas garante uma boa caminhada.

Para Conhecer
Os seis quilômetros de praias são rodeados por dunas elevadas que escondem o Rio Imbassaí, famoso na região por oferecer um tranquilo e revigorante banho de água doce e que proporciona uma das visões mais encantadores da natureza: o encontro do rio com o mar.

Para chegar a praia, o turista pode optar por caminhar pela ponte suspensa de madeira e uma pequena trilha sob as árvores ou ir de jangada pelo rio. O pequeno translado não dura cinco minutos e cada embarcação comporta até vinte passageiros. Pelas águas rasas do Rio Imbassaí, descobre-se, aos poucos, uma natureza de beleza ímpar e que garante bons registros fotográficos aos visitantes. O passeio custa R$2,50 por pessoa e funciona diariamente, a partir das 8h.

História
Foram os índios que apelidaram o lugar de Imbassaí, ou “caminho do rio”, em tupi-guarani. Suas diversas nascentes formam passagens de água doce que escorrem em cascatas e corredeiras, paralelos às dunas a caminho do mar.

Onde ficar e comer
A vila, quando comparada à Praia do Forte, tem pouca infraestrutura, mas isso não quer dizer que não se possa comer bem lá. As barracas localizadas na faixa de areia, entre a praia e o rio, oferecem ao visitantes bebidas geladas e tira-gostos de peixe frito e mariscos, além do tradicional acarajé nos tabuleiros das baianas. Os quiosques estão todos reunidos em um deque de madeira, que reúne mesas com vista para o mar. Aqueles que preferirem podem desfrutar da culinária baiana com os pés na areia.

Para os que desejam pernoitar no vilarejo, diversas pousadas estão localizadas próximas à praia e ao centro e encontrarão uma noite tranquila e propícia para o descanso. Para os que procuram por um pouco mais de agito, bares e restaurantes à noite, a melhor opção é se hospedar no centrinho da Praia do Forte.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s