Parque do Ibirapuera recebe exposição sobre a Via-Crucis

Já imaginou ver Jesus, Buda, Oxalá, Tupã, Odin, Kardec e vários outros ícones de outras religiões juntos? Essa é a proposta do artista Gilmar Pinna, criador da exposição “Paixão – Caminhando no amor, na união e na justiça”. A obra é uma releitura da Via-Crucis, com 46 esculturas de aço inox de aproximadamente 3 metros de altura, que recontam as estações percorridas por Jesus a caminho do Calvário.

“Minha ideia de misturar líderes religiosos é provocar e convidar a população a refletir sobre o amor, a união e a justiça num palco democrático”, comenta Pinna.

Inaugurada em 6 de abril, na praça Aldo Chioratto, no Parque do Ibirapuera, a exposição conta com 15 estações que simbolizam a passagem de Jesus até a cruz. Na primeira estação, Jesus é condenado à morte por Pôncio Pilatos enquanto recebe o abraço de Buda. Na segunda estação, Jesus recebe a cruz enquanto Guru Nanak e Lao-Tsé abrem caminho para ele com pétalas de flores e, assim por diante, um a um vai de certa forma ajudando Jesus a passar pelo Calvário.

“A ideia surgiu com a vontade de provocar e impressionar o paulistano, a pé ou motorizado com a mostra, pois trata-se de um assunto geralmente polêmico”, explica o autor.

O trabalho vem sendo desenvolvido há mais de um ano e chama a atenção pela imponência das peças e o apelo religioso que Pinna faz aos visitantes, defendendo a harmonia e a boa convivência entre as religiões.

Descrição das estações abaixo:

1ª Estação:
Jesus é condenado à morte por Pôncio Pilatos, enquanto recebe o abraço de Buda;

2ª Estação:
Jesus recebe a cruz enquanto Guru Nanak e Lao-Tsé abrem caminho para Ele com pétalas de flores;
3ª Estação:
Jesus cai pela primeira vez e recebe a coroa de espinhos do centurião, assim como as coroas do Rei David e do príncipe Haile Selassie;
4ª Estação:
Jesus encontra conforto na alegria de Iemanjá e de Oxalá;
5ª Estação:
Tupã ajuda Jesus a sustentar a cruz;
6ª Estação:
Amaterasu enxuga o rosto de Jesus;
7ª Estação:
Jesus cai pela segunda vez e recebe ajuda de Zeus/Júpiter;
8ª Estação:
Jesus se encontra com as três Deusas Wicca;
9ª Estação:
Jesus cai pela terceira vez e Odin se coloca entre Ele e o centurião para receber as chicotadas em seu lugar;
10ª Estação:
Jesus é despojado de suas vestes pelo centurião, enquanto Zoroastro oferece novas vestes a Ele;
11ª Estação:
Jesus é pregado à cruz em meio aos ladrões, enquanto o Chefe Seattle o sustenta em seus ombros;
 12ª Estação:
Jesus morre e Alan Kardec ora abaixo da cruz;
13ª Estação:
Jesus é retirado da cruz por Maria, Krishna e Ganesha;
14ª Estação:
Jesus é sepultado por Amon Rá e depois ressuscita;
15ª Estação:
Esta Estação reproduz a primeira Estação, mas, na oportunidade, uma mulher dos tempos atuais é julgada por um juiz.

SERVIÇO

Exposição ao ar livre: “Paixão – Caminhando no amor, na união e na justiça”

Escultor: Gilmar Pinna
Temática: Releitura da sagrada “Via-Crúcis”
Endereço: praça “Aldo Chioratto”, em frente ao Parque do Ibirapuera – Vila Mariana, São Paulo-SP
Visitação: de 6 de abril a 6 de maio de 2017

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s