Praia Ponta de Areia – Ilha de Itaparica

Considerada um dos melhores destinos em Itaparica, a praia Ponta de Areia costuma receber um grande número de turistas ao longo do ano. O local é a segunda parada do passeio às ilhas – saiba mais sobre o trajeto aqui – onde os turistas podem almoçar e descansar, curtindo o fim de tarde baiano.

* Este roteiro abordará o trajeto feito junto a Ilha do Frades e é indicado para quem quer passar a tarde no local.

Como chegar
Para aqueles que já visitaram a Ilha dos Frades, a embarcação percorre um tempo aproximado de 40 minutos até Ponta de Areia, onde os visitantes mudam da escuna para pequenos barquinhos, que comportam de 25 a 30 pessoas. São estes barcos menores que levam os turistas às margens da praia, ainda assim, é necessário entrar na água  e se molhar um pouquinho até chegar a faixa de areia.

O que comer
Três restaurantes estão à beira-mar logo que os turistas desembarcam na água. Cada operadora de turismo guia seus clientes até um determinado restaurante. Para se servir à vontade, o turista pagará R$40,00, sem bebidas e sobremesas inclusas. O buffet é farto, tem diversas opções, e todas as receitas são dispostas na mesa principal em panelas de barro. Para aqueles que querem apenas petiscar, são servidas, também, porções de camarão e peixes que, em média, custam o mesmo valor da refeição.

Para conhecer
Durante a estadia na praia, que dura em média duas horas e meia, é possível conhecer um pouco da ilha. Um guia local cobra R$15,00 por pessoa para apresentar brevemente alguns pontos famosos de Itaparica. A saída acontece logo após o almoço e tem duração de 50 minutos, aproximadamente. É necessário se deslocar até o outro lado da faixa de areia, atravessar um pequeno riacho (você molhará, no máximo, os joelhos) e utilizar uma van, até a primeira parada.

Com um grupo de até 15 pessoas, o primeiro ponto da visita é a casa de veraneio do poeta carioca Vinicius de Moraes. O passeio continua pela orla  da praia, onde é possível ver o contraste das moradias coloniais e das novas e luxuosas casas à beira-mar. A segunda parada é o Forte ou Fortaleza de São Lourenço, construído no início do século XVIII. De lá, a terceira e última parada é para aqueles que acreditam nos mitos da “Fonte da Bica”, conhecida como “Fonte da Juventude” que carrega a lenda de que aqueles que bebem a água de cada uma de suas três torneiras, teria saúde, amor e felicidade.

De volta a Salvador
O trajeto de volta à praia é o mesmo, e de lá, é realizado o retorno à embarcação e a Salvador.  A viagem  dura em média uma hora e meia e conta com um incrível pôr do sol, para encerrar o dia.  

Este slideshow necessita de JavaScript.

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s