Tem dúvidas de como declarar o IR? Saiba mais e tire suas dúvidas com a gente

Começou nesta semana o prazo para a entrega do Imposto de Renda 2017 e muita gente ainda fica com dúvida na hora de declarar os gastos pessoais para a Receita Federal. O Portal Opa traz um compilado de informações e um passo a passo para que ninguém caia na malha fina.

O prazo para a declaração teve início no último dia 2 e vai até 28/04. Já a restituição (devolução do imposto pago a mais) é feita de junho a dezembro deste ano. Os primeiros a receberam o montante são idosos, pessoas com deficiência e doenças graves. Logo após os casos preferenciais, a liberação do valor aos contribuintes é feita com base na data de entrega da declaração. Este ano, 28,3 milhões de declarações são esperadas.

Quem deve declarar? Aqueles que se encaixam em um ou mais desses critérios devem declarar o IR 2017.

  • Recebeu mais de R$ 28.559,70 de renda tributável no ano (salário, por exemplo);
  • Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados na fonte no ano (como indenização trabalhista);
  • Teve ganho com venda de bens (casa, por exemplo);
  • Comprou ou vendeu ações em Bolsas;
  • Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural (agricultura, por exemplo) ou tem prejuízo rural a ser compensado no ano calendário de 2016 ou nos próximos anos;
  • Era dono de bens de mais de R$ 300 mil;
  • Passou a morar no Brasil em qualquer mês e ficou aqui até 31 de dezembro;
  • Vendeu uma casa e comprou outra num prazo de 180 dias, usando isenção de IR no momento da venda;

E quem pode apostar na dedução do IR?
Quem tem dependentes, paga escola – válido para cursos normais (ensino básico e superior) – ou possui empregados domésticos pode reduzir o imposto a pagar, no entanto, é preciso ficar atento aos limites para descontos:

  • Despesas com instrução por dependente ou com educação própria: R$ 3.561, 50
  • Dedução por dependente: R$ 2.275,08
  • Desconto com cada empregado doméstico: R$ 1.093, 77

Novidades na declaração 2017
Uma das novidades na declaração deste ano é que a tela de identificação do contribuinte vai pedir seu telefone e e-mail. De acordo com a Receita Federal, o preenchimento não é obrigatório e o órgão não entrará em contato com o contribuinte por meio destas informações. Segundo a Receita, o objetivo é “ampliar o cadastro de pessoa física”. A outra grande novidade nas regras do IR 2017 é a exigência de CPF para maiores de 12 anos. Nos anos anteriores, isso era pedido só para quem tinha 14 anos, no entanto, a medida vale para aqueles que completaram 12 anos até o dia 31/12/2016.  

Este ano os programas de declaração e entrega passaram a ser unificados, sendo assim, o contribuinte não precisará fazer o download de outro programa. E as novidades tecnológicas não param por aí: a Receita informou que, a partir deste programa de 2017, o software irá se atualizar automaticamente durante o período de declaração.

Foto: Pixabay

 

1 comentário Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s