Empreendedorismo feminino ganha força no Brasil

Mesmo com a crise econômica instalada em nosso país, as mulheres mostram que o empreendedorismo feminino vem crescendo a passos largos. De acordo com o “Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras em Micro e Pequenas Empresas: 2014”, em uma década, o número de mulheres empreendedoras aumentou 18%, enquanto que o de homens cresceu 8%. O estudo foi elaborado pelo Sebrae, em parceria com o Dieese, e avaliou o período  que compreende aos anos de 2002 a 2012.

O desafio que move

No mundo dos negócios não existe sexo frágil. Viviane Ferreira, consultora financeira, é uma das tantas mulheres que resolveram empreender no Brasil. Ela passou pela perda de um irmão em um acidente de carro durante uma viagem quando era adolescente, além de dois diagnósticos de câncer de mama, e foi no empreendedorismo que encontrou o caminho para conciliar trabalho e maternidade.

Antes de montar seu próprio negócio, trabalhou em uma consultoria de meio ambiente e segurança do trabalho, e com a rotina que tinha, não via como adequar a tão desejada maternidade com o emprego. Aos poucos, decidiu trabalhar na área de planejamento financeiro pessoal e consultoria de investimentos, e quando deixou o trabalho, engravidou.

“Durante a gravidez, fiz cursos e me preparei para a nova área de trabalho. Logo depois que minha filha nasceu, comecei a atender clientes em casa, e quando ela fez cinco meses, comecei a trabalhar em um escritório”.

Hoje, em fase de mudança para simplificar os processos de seu trabalho, Viviane resolveu montar seu escritório em casa. Dessa forma, consegue estar ainda mais presente na vida de sua filha.

“Com o escritório em minha casa, posso otimizar o espaço e o orçamento. Organizo meus horários para trabalhar no período que minha filha está no colégio, assim consigo participar de atividades com ela e equilibrar meu trabalho ao mesmo tempo”, explica Viviane.

Realizada pessoal e profissionalmente, a consultora, que hoje incentiva outras mulheres por meio de encontros e palestras, revela que paciência e força de vontade não podem faltar para quem quer dar início ao próprio negócio. “Tenha a clareza que começar um empreendimento envolve paciência e dedicação. Muitas vezes, imaginamos que as coisas acontecem rápido, mas na prática elas podem demorar mais tempo para acontecer. Às vezes, nós mesmas precisamos de mais tempo, dar um passo de cada vez. O planejamento bem feito é fundamental para o sucesso”, conclui.

Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s