A origem do carnaval e as curiosidades da festa no Brasil

Uma das datas mais alegres e prazerosas chegou: o carnaval. Diante de tantos costumes como usar fantasias, cantar marchinhas e assistir desfiles, é quase impossível ouvir falar de sua origem sem mesmo tentar ligá-la com festa e harmonia. O carnaval é marcado pelo “adeus à carne”, que a partir dele, se fazia um grande período de abstinência e jejum, como o seu próprio nome em latim “Carnis Levale“. Para a sua preparação, havia uma grande concentração de festejos populares. Cada lugar e região brincava a seu modo, geralmente de uma forma propositalmente extravagante, isto de acordo com seus costumes.

Acredita-se que ele teve sua origem na Grécia, em meados dos anos 600 a.C, quando os gregos realizavam seus cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. Tempos depois, passou a ser uma comemoração adotada pela igreja católica, em 590 d.C, antes da Quaresma. Este período é marcado de festas regidas pelo ano lunar no cristianismo da Idade Média.

O carnaval moderno como conhecemos, feito de desfiles, fantasias, músicas e danças, é resultado da sociedade vitoriana do século 20. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Cidades como Nice, Santa Cruz de Tenerife, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspiraram no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas. Já o Rio de Janeiro criou e exportou o estilo de fazer carnaval com desfiles de escolas de samba para outras cidades do mundo como São Paulo, Tóquio e Helsinque.

O Carnaval do Rio de Janeiro está atualmente no Guinness Book como o maior Carnaval do mundo, com um número estimado de 2 milhões de pessoas por dia nos blocos de rua da cidade. Em 1995, o Guinness Book declarou o Galo da Madrugada, da cidade do Recife, como o maior bloco de carnaval do mundo.  O melhor do Carnaval é a festa que alegra crianças, adultos e idosos; todos, mesmo de classes econômicas distintas, celebram em harmonia ao som de música e dança.

Curiosidades sobre o carnaval brasileiro:

1) O carnaval carioca é considerado a maior festa popular de rua do mundo. De acordo com o Guinness Book, aproximadamente dois milhões de pessoas se divertem nas ruas do Rio de Janeiro durante o carnaval.

2) A tradição de jogar água, farinha e frutas nas pessoas durante o carnaval tem origem no entrudo (os três dias que antecedem a entrada da Quaresma). Esta festa ocorria nas ruas e contava com a participação de jovens e crianças. Neste sentido, o entrudo possuía um forte aspecto de entretenimento social.

3) O primeiro baile de carnaval do Brasil aconteceu na cidade do Rio de Janeiro em 1840.  Ele foi organizado por uma mulher italiana que pretendia reproduzir no Brasil um dos aspectos do carnaval veneziano.

 4) O primeiro bloco de carnaval do Brasil foi o Congresso das Sumidades Carnavalescas. Fundado na cidade do Rio de Janeiro, em 1855, teve como um dos fundadores o famoso escritor José de Alencar.

5) Em 1892, o Ministério do Interior quis mudar a realização do carnaval para o mês de junho. A justificativa era que o clima era mais ameno durante o inverno, fato que geraria melhor aproveitamento e conforto aos participantes. Evidentemente que não deu certo, mas o povo acabou comemorando o carnaval duas vezes neste ano.

6) As primeiras marchinhas de carnaval surgiram nos salões cariocas por volta de 1880. Elas foram criadas para animar a festa de forma alegre, irreverente e popular.

Foto: Projeto São Paulo City / Reprodução
Foto: Projeto São Paulo City / Reprodução

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s