Café compartilhado ajuda moradores de rua em São Paulo

Que tal tomar o café da tarde e, de quebra, fazer uma boa ação? Essa é exatamente a proposta da barraca do Seu Neves, que fica na Rua da Consolação, próxima da esquina com a Avenida São Luís, no centro de São Paulo (SP). O negócio oferece café, achocolatado, refrigerante, bolos, tortas, sanduíches e salgados que os clientes podem compartilhar com os outros.

Funciona assim: você compra um café e um bolo, por exemplo, e deixa para outra pessoa comer. Os itens pagos são anotados em uma lousa e quem estiver com fome pode passar lá para retirar o produto de graça.

A ideia surgiu depois que uma turista passou por lá para tomar um café e disse que deixaria outro pago para alguém. “Acendeu uma luz na minha cabeça. No outro dia, comprei as duas lousas e comecei a fazer o café compartilhado. As pessoas chegaram e começaram a perguntar o que era, eu explicava e elas colaboravam. Foi bem aceito”, diz José Carlos Pedroso das Neves, de 56 anos, mais conhecido como Seu Neves, o dono do negócio. Mas somente moradores de rua e pessoas com muita necessidade podem usufruir dos cafés pagos. Para ele, distribuir os alimentos aos que realmente precisam é uma forma de respeito àqueles que fazem a boa ação.

O empreendedor está no ramo há dois anos, mas nem sempre trabalhou com isso. “Eu atuei durante 29 anos na área de Tecnologia da Informação (TI), era analista de suporte técnico, tenho faculdade na área de sistemas. Mas optei por empreender abrindo o café”, conta. São mais de 100 cafés e lanches compartilhados a cada semana.

“Já deixei alguns cafés pagos, mas nunca tomei um que estivesse pago. Acho válida a ideia, é um incentivo o trabalho social que ele faz. Além disso, ele recebe os clientes de forma amigável e é sempre gentil e bem-humorado”, conta Marcos Muniz, sociólogo que costuma tomar um café do Seu Neves quando está passando no centro da cidade.

Para quem quiser conhecer, a barraca do Seu Neves funciona de segunda a sexta-feira, das 16h30 às 22h e, além de dinheiro, também aceita cartões de crédito, débito e vale-refeição.

Seu Neves deixou a área de tecnologia para investir no café e hoje também ajuda quem precisa / Foto: Hemylle Fernanda
Seu Neves deixou a área de tecnologia para investir no café e hoje também ajuda quem precisa / Foto: Hemylle Fernanda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s