Reflexão filosófica e crise existencial: Conheça SANDMAN

 Você conhece o personagem chamado João pestana? Este é um ser mágico que tem relação com os sonhos, e tem a finalidade de colocar areia nos olhos das pessoas para poderem dormir à noite e induzi-las à sonhar tranquilamente. O personagem é uma figura conhecida no folclore brasileiro, e mais do que isto, é mundialmente chamado e aclamado como ”Sandman”. 

Criado por Neil Gaiman, e publicado em formato de histórias em quadrinhos sob o selo Vertigo (Histórias para maiores de 18 anos) da Dc Comics, Sandman retrata a vida do senhor dos sonhos, e sua interação com o universo, os homens e outras criaturas. A história aproveita-se dos questionamentos humanos e dos pecados que nos cercam para devanear sobre nossa existência e como a passagem pela vida pode ser preciosa, alegre ou angustiante.

Os personagens mais complexos e reflexivos são chamados de Perpétuos, sendo eles: Destino, Morte, Sonho, Destruição, Desejo, Desespero e Delírio. Sandman, ou ”senhor do sonhos”, é o protagonista, e constantemente busca interação com seres humanos para tentar entender o que é a vida. Em sua jornada, ele é responsável por desenvolver arcos que movimentam a narrativa, e acabe gerando conflitos entres os seres de seu universo.

Além dos pensamentos e atitudes críticas que a trama pode proporcionar, a ilustração é totalmente única e inspiradora para qualquer quadrinista. Os balões de diálogos não possuem proporção reta e simplória, todos percorrem a página e são inseridos de modo criativo, e que acabam preenchendo todo o espaço. A diagramação tenta ao máximo ser inovadora em quase todas às paginas, e na maior parte das vezes, trás sensações ao leitor que são inesquecíveis e magníficas. Às personagens contrastam com ambientes coloridos, ricos em detalhes e diversificados, além do traço variar entre o estilo gótico, e o surrealista.

A série é o ponto alto de qualquer colecionador de quadrinhos, sendo uma das obras obrigatórias de leitura para poder dizer que entende do assunto. A genialidade de Neil Gaiman é reconhecida mundialmente, sendo Sandman sua mais preciosa criação. A ilustração sempre procura estar atualizada com técnicas digitais, manuais e inspiradas em quadros aclamados pelo mundo com os de Salvador Dalí.

Os artistas desta HQ incluem Sam Kieth, Mike Dringenberg, Jill Thompson, Shawn McManus, Marc Hempel e Michael Zulli. A História foi publicada de 1989 à 1996, contendo um total de 75 edições, e com a popularidade da série, a DC começou a publicá-las posteriormente em edições de capa dura e brochura. Atualmente, novos contos estão sendo escritos, e logo estarão disponíveis ao público. Abaixo, confira uma frase retirada de um dos contos e perceba a essência do pensamento crítico, e do despertar do conhecimento que o autor busca passar ao leitor, sendo esta uma das mais belas frases encontradas em Sandman:

“O mundo é tão sólido e estável quanto uma camada de espumas sob um poço sem fundo de águas negras. Significa que somos apenas bonecas. Que não sabemos nada sobre o que realmente acontece. Que só nos enganamos sobre controlarmos nossas vidas porque a uma distância menor do que a espessura do papel, coisas que nos levariam à loucura, se pensássemos nela por muito tempo, brincam conosco”.-Rose Walker.

-Fragmento de Sandman;  Neil Gaiman;  A CASA DE BONECAS; Edição de 1990.

Foto: Vertigo / Dc Comics.
Foto: Vertigo – Dc Comics.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s