Veganos ganham cada vez mais espaço

O público vegetariano segue a filosofia de não consumir qualquer produto que gere exploração ou sofrimento animal. No Brasil, segundo dados fornecidos em 2013 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 10% da população são vegetarianas. Só em São Paulo, são mais de 800 mil pessoas, conforme pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Opinião Pública (Ibope) no mesmo ano.

Os grupos da causa são subdivididos entre semivegetarianos, ovolactovegetarianos, ovovegetarianos, lactovegetarianos, vegetarianos estritos e os veganos. Todos não consomem nenhum tipo de carne vermelha, mas possuem suas diferenças.

Os semivegetarianos consomem peixes e aves; os ovolactovegetarianos, ovos, leite e derivados; os lactovegetarianos têm uma alimentação baseada em leite e laticínios, mas eliminam os ovos; os ovovegetarianos consomem ovos, mas abrem mão de leite e derivados; os vegetarianos estritos não utilizam nenhum produto de origem animal na alimentação; já os veganos fazem parte do grupo mais rígido. Eles evitam consumir e utilizar qualquer coisa de origem animal em todas as áreas de suas vidas, seja na alimentação, vestuário, ou qualquer outro tipo de atividade que envolva sofrimento animal.

Algumas pessoas escolhem ser vegetarianos pelo simples fato de abraçar a causa animal ou querer levar uma vida mais saudável, inclusive com alimentos orgânicos. Outras têm isso a partir de sua religião, como por exemplo, os Budistas, Rastafáris, Adventistas e Hinduístas.

Luiz Martins, administrador de redes, vem de uma família Adventista e nunca consumiu carne vermelha. “Sou ovolactovegetariano. Eu nasci em meio ao vegetarianismo que é uma tradição familiar. A maior parte da família paterna é adepta”, comenta.

“Eu sou ovolacto, fiz essa escolha porque percebi que posso me alimentar sem matar nenhum animal. Fiz mudanças na minha alimentação. Praticamente tudo que eu acho para comer é queijo. Eu como muito queijo hoje em dia”, diz Felipe Gabriel Urbina, vendedor.

Quando o corpo para de receber a carne, ele para de absorver a proteína existente nela. Então o público vegano tem o costume de comer alimentos ricos em proteínas e ferro.

Essas substâncias são encontradas em castanhas e sementes como nozes, avelãs, castanha-do-pará, castanha de caju, amêndoas, gergelim, semente de girassol, e pelas leguminosas, lentilha, feijão, ervilha, grão-de-bico, soja e derivados.

O mercado também tem percebido o aumento de vegetarianos. Por isso, muitos restaurantes estão adaptando seus cardápios. Entre eles está o Gopala Madhava. Com mais de 20 anos em São Paulo, o restaurante é focado em cozinha lacto vegetariana contemporânea, famosa entre o público. As receitas possuem um toque especial com alguns elementos da culinária indiana, como o ghee, a massala e o dahl.

Além disso, existem eventos para a realização de feiras ecológicas e festivais de culinária. Outro tipo de divulgação é os desafios que estão conquistando a internet, onde influenciadores da grande mídia participam para incentivar os internautas. O 21 Dias Sem Carne, por exemplo, promove que uma pequena mudança na vida de quem participa, onde por 21 dias, o participante recebe, por e-mail, informações, suporte de especialistas, nutricionistas e receitas para a alimentação.

Outra campanha bastante conhecida é a Segunda Sem Carne, que propõe conscientizar a população sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal na alimentação têm sobre os animais, sociedade, saúde humana e no planetas. Assim, o projeto convida a tirá-los do prato pelo menos uma vez por semana.

Cesta de vegetais / Foto: Pixabay
Cesta de vegetais / Foto: Pixabay

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s